Normas de Avaliação da Rugosidade do Concreto antes da Pintura

A maioria dos fabricantes de revestimentos para concreto exige que a superfície do concreto tenha uma rugosidade ideal antes da aplicação de seu sistema de revestimento. A área de superfície do concreto aumenta efetivamente conforme a rugosidade aumenta, que por sua vez melhora a adesão do sistema de revestimento ao concreto. A norma SSPC-SP 13, Preparação de Superfícies de Concreto, descreve diversos métodos que podem ser usados para limpar e criar rugosidade na superfície do concreto antes da aplicação do revestimento.

A rugosidade da superfície do concreto pode ser avaliada usando vários métodos. Vamos citar duas normas para avaliar a rugosidade no concreto, a ASTM D7681 e a ASTM D8271.

ASTM D7682 – Standard Test Method for Replication and Measurement of Concrete Surface Profiles Using Replica Putty

A ASTM D7682 descreve um método de ensaio adequado para uso em campo ou no laboratório para obter um registro permanente do perfil de rugosidade do concreto usando uma massa especial para fazer a réplica e para determinar a profundidade desse perfil de rugosidade.

Para uma aderência adequada dos revestimentos, é importante que uma superfície de concreto tenha o perfil de superfície correto. Este método de ensaio permite obter uma réplica permanente da superfície de concreto (antes da instalação do sistema de revestimento), que pode então ser comparada aos padrões de perfis visuais ou avaliada quantitativamente quanto à profundidade do perfil. A réplica permanente também pode ser útil para ser usada como uma referência no caso de um problema de aderência do revestimento, ou como uma referência para futuras instalações de revestimento.

Figura da ASTM D7682 – Micrometro medindo a rugosidade da réplica

ASTM D8271 – Standard Test Method for the Direct Measurement of Surface Profile of Prepared Concrete

A ASTM D8271 descreve um método de ensaio adequado para uso em campo ou no laboratório para quantificar a profundidade do perfil de rugosidade do concreto preparado. Também pode ser usado em superfícies de concreto não preparadas.

O procedimento é semelhante ao descrito no Método B da norma ASTM D4417, que aborda a medição do perfil da superfície em superfícies de aço limpas por jateamento abrasivo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *